SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (73) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (153) CLASSE MATERNAL (104) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (506) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (285) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (10) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (148) MODISMOS (2) Mundo (610) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (230) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (111) REVISTA CLASSE JUNIORES (243) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (189) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (401) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (597) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

13 agosto 2011

ASSISTA TESTEMUNHO DE CONVERSÃO DA PREFEITA MICARLA DE SOUZA



Na última sexta-feira (5), em congresso na Igreja Batista da Lagoinha, a prefeita de Natal, Micarla de Souza compartilha de seu testemunho de conversão a Cristo. 

Depois de muita perseguição ao trazer o Ministério Diante do Trono para gravar o seu 14º DVD em Natal, a prefeita passa por um Acidente Vascular Cerebral em dezembro e, 15 dias antes do evento, em julho, é internada em São Paulo com baixa frequência cardíaca.

Assista o testemunho e saiba como tudo aconteceu:



Poderá também gostar de:FONTE  REDE DE JOVENS

Vítima de 'maus samaritanos' em vídeo visto por milhões passa por cirurgia em Londres



O estudante malaio Mohd Asyraf Haziq, de 20 anos, está se recuperando em um hospital de uma cirurgia, após ter sido atacado nos tumultos de Londres esta semana. Ele teve sua mandíbula quebrada e conta que os assaltantes ameaçaram esfaqueá-lo.
Mohd Asyraf Haziq em hospital
Mohd Asyraf Haziq está se recuperando em um hospital em Londres
Haziq aparece no vídeo que foi visto por milhões de pessoas na internet e transmitido por diversas televisões em todo o mundo.
Nas imagens, ele aparece atordoado, ferido e sendo roubado por aqueles que fingiam o estar ajudando.
Haziq está entre os 14 mil estudantes da Malásia que vivem na Grã-Bretanha, o que causou pânico em toda a comunidade, como revela uma diplomata do país. Ela diz que o que aconteceu é uma atrocidade, e que não reflete as boas relações que existem entre os povos dos dois países.
O governo da Malásia está tentando agora trazer os pais do jovem para a Grã-Bretanha. FONTE BBC BRASIL

ICNV se desliga de Aliança Evangélica



Razões para o desligamento foram apresentados em primeira instância aos membros do Conselho

ICNV se desliga de Aliança Evangélica
A Aliança das Igrejas Cristãs Nova Vida (ICNV) se desligou oficialmente da Aliança Cristã Evangélica Brasileira (ACEB), por decisão do Bispo Primaz, Walter McAlister - que também pediu demissão do seu cargo no Conselho Geral da mesma. As razões para o desligamento foram apresentados em primeira instância aos membros do Conselho e, dois dias depois, a todos os integrantes da ACEB. Reproduzimos abaixo, na íntegra, o texto do comunicado enviado por Bispo McAlister para justificar o desligamento:
 

 Rio de Janeiro, 03 de agosto de 2011
 

Caros irmãos e irmãs em Cristo da ACEB,

 
Escrevo a vocês para comunicar, com muito pesar e decepção, mas de maneira irrevogável, a minha demissão do Conselho Geral e o desligamento da Aliança das Igrejas Cristãs Nova Vida (ICNV) da Aliança Cristã Evangélica Brasileira (ACEB). Fato já comunicado aos membros do Conselho Diretor no início desta semana. Mas sinto que devo uma explicação a todos os que participam da Aliança justificando minha decisão, por isso lhes mando este documento.

 Descrevo abaixo a quem interessar as razões que me forçaram a tomar essa decisão, levada a termo com base em minha experiência como líder de uma Aliança que existe há 18 anos (a ICNV) e que se mantém unida e atuante desde então. E, o que escrevo a seguir, peço que compreeendam, não tem o objetivo de promover qualquer tipo de desconforto ou desunião, mas o faço apenas a título de explicação:

1.  Acredito que a ACEB está tomando rumos que se desviam das metas principais que uma aliança de igrejas evangélicas de uma nação deveria tomar. Em vez de unir-se em prol de buscar a essência do Evangelho dentro da diversidade de manifestações denominacionais e doutrinárias, vejo que a organização opta por se tornar uma voz política. Erro esse que, aliás, já foi cometido no passado por outras iniciativas similares. Diante disso, sou obrigado a concluir que se seguirmos por esse caminho a ACEB simplesmente não dará certo.

2. Desejo muito ver a união da Igreja evangélica brasileira, em especial mediante a percepção (explicitada em meu livro “O Fim de Uma Era”) de que ela sofre de muitos males que precisam ser discutidos, problemas como falta de devoção, reverência e liderança; o fascínio com celebridades; o mercantilismo; o consumismo; divisões; facções; uma clara tendência de politizar os nossos anseios (buscando no Estado a solução dos males da nossa sociedade) e a volta de antigas heresias que precisam ser denunciadas como tais. Diante desse cenário, vi na ACEB uma possível alternativa para as igrejas brasileiras definirem sua essência e assim se depurar. Foi uma alegria ver uma tentativa de resgate da Igreja. Mas, infelizmente, passados esses meses, o que observo é que esses pontos fundamentais estão sendo ignorados e a ACEB está se tornando apenas mais uma entre tantas instituições que visam a palpitar e tentar influenciar politicamente e midiaticamente o que está nas manchetes dos jornais – mesmo que seja em nome de causas nobres. 

3. Desde o início dos trabalhos da ACEB busquei trazer à mesa o aprendizado e o conhecimento que todos os meus anos como líder de uma denominação que existe pela aliança voluntária de igrejas independentes me proporcionaram. Mas percebi que minhas ponderações e protestos em prol do que julgo ser importante de fato foram inócuos, como em relação aos manifestos publicados a respeito de iniciativas do Estado e o que percebi ao meu redor foi o desejo de ingressar no universo de influência das esferas políticas do país. Um erro crasso, aliás, já cometido ao longo de dois mil anos de História de Igreja e que só trouxe problemas e poluição para a Igreja cristã. 

4. Em vez de discussões relevantes para a purificação da Igreja de Jesus Cristo no Brasil, presenciei em alguns trabalhos da ACEB discussões superficiais ou alienígenas à proposta do Evangelho, como “a necessidade de se fazer um manifesto sobre o aumento salarial dos deputados federais na ordem de 60%”. O argumento foi que “teríamos de fazê-lo para que afirmássemos um viés profético”. Só que voz profética é proclamar o que vai contra o que toda a sociedade aprova. E, nesse aspecto, nós fomos apenas mais uma voz na multidão, visto que aquela reclamação a sociedade inteira já estava fazendo. A ACEB não foi criada para chover no molhado e dizer o que todos já dizem.

5. A Igreja de que o Brasil precisa não existe. Por isso, temos que liderar com palavras de resgate de sã doutrina, ética e espiritualidade. Questões como a infalibilidade das Escrituras sequer foram incluídas nos documentos, e quando questões como essa foram levantadas, e apoiadas por muitos, a resposta foi que qualquer mudança na declaração de fé teria que ser uma resposta a erros claros de doutrina da igreja. Ou seja: os assuntos fundamentais simplesmente não estão avançando nas ações da ACEB. 

6. Para meu total estarrecimento, fui surpreendido ao ser informado que na convocação nacional de novembro próximo teríamos de ouvir uma declarada candidata ao Governo Federal, a senadora Marina Silva, dizer para a Igreja de Jesus Cristo “O que o Brasil espera da Igreja”. Ou seja, uma representante do Estado é quem deve dizer a sacerdotes qual é a nossa missão em nossa nação? A lógica disso escapa à minha compreensão, exceto pela percepção clara de que essa é uma busca de proximidade ao poder político. 

7. Esse fato deixou claro a meus olhos o quanto a ACEB está se desviando da proposta de resgate de uma espiritualidade que poderia levar a Igreja brasileira a ser sal da terra e luz do mundo e adotando uma proposta de caminhar pelos corredores do poder, realmente acreditando que isso nos levará a cumprir a missão a nós confiada por Cristo. Só que não vai. Uma análise histórica das vezes em que a Igreja se emiscuiu com o Estado torna evidente que essa opção simplesmente não é o caminho. É perda de tempo para a causa do Evangelho e pode provocar danos gravíssimos, como as páginas dos livros de História nos demonstram inequivocamente.

8. Mediante fatos como os descritos acima, ficou claro que estávamos formando um corpo representativo e não um ministério de resgate da união da igreja. E disso, sinceramente, o Reino de Deus não precisa.

9. A gota d’água para que eu tomasse a decisão de me desligar do Conselho foi o recebimento do comunicado da intenção do Conselho Diretor de dar as mãos ao governo petista sob o lema “A Igreja ouve o grito de Dilma”. Pelo que analisei, faz parte dessa intenção não somente cooperação mas, também, solicitar doações das igrejas para fins sociais do governo federal – que já gasta nababescamente o dinheiro que tira da população sem a nossa anuência e sob ameaça de sanções aos que sonegam os tributos ditados pelo Estado. Se é para adotar iniciativas como essa que a ACEB foi criada, lamento, mas me recuso a participar disso.  

10. Há causas extremamente graves para o destino eterno de almas humanas a que nossos esforços precisam se dirigir muito mais do que as que a ACEB vem propondo e, com base nas Escrituras, entendo que não posso investir meu tempo e minhas energias em ações que a meu ver gerarão apenas ações políticas momentâneas, mas que ecoarão pifiamente pela eternidade.

11. A Aliança das Igrejas Cristãs Nova Vida (ICNV), representadas por mim, tem o forte desejo de promover a união do Corpo de Cristo – mas pelos caminhos bíblicos e não mediante lobbies políticos, participação em projetos do Estado, presença em comício e iniciativas similares que estão no escopo de ONGs, partidos políticos, associações de moradores, sindicatos e instituições que nada têm a ver com o Reino de Deus. Foi a busca da união que nos motivou a nos afiliar à ACEB, como também a aceitar a minha indicação como conselheiro. Só que os rumos que a ACEB tem claramente tomado ferem a o manual de ética da ICNV, que, em seu artigo 11, proibe qualquer envolvimento dos nossos sacerdotes em atividades de cunho político. Por isso eu, como líder e exemplo para cerca de 200 sacerdotes da ICNV e mais de 50 mil membros da denominação, não posso aceitar fazer parte de uma organização que, em nome de ser uma “Aliança Cristã” está se tornando uma instituição que se alia ao poder público para avançar causas que julga serem o caminho legítimo de avanço do Reino de Deus, mas que entendo ser um trágico equívoco – e que terá graves repercussões no futuro para a Igreja evangélica brasileira.

Mediante todas as razões acima apresentadas, lamento ter que me desligar da ACEB, mas quero deixar claro ainda que:

 
A. Não há em mim rancor, mas sim uma percepção mais clara do que de fato é o anseio de setores que participam da liderança da ACEB.

B. Faço isso a contragosto;

C. Todos os laços pessoais de afeto, apreço, amor e carinho de minha parte para com todos os integrantes da ACEB com quem pude comungar permanecem inalterados. Minha questão aqui não é com pessoas, é com objetivos e metodologias de uma organização que, hoje, não vejo sentido de continuar a pertencer. Respeito e só quero bem a todos os membros da ACEB. Tenho carinho pelos integrantes dos vários conselhos. Há pessoas realmente notáveis agregadas a essa organização e pelas quais tenho afeto e amizade pessoal. É com respeito a todos que me despeço desta instituição, embora continuemos irmãos de fé e, espero, amigos.

D. Só o faço por entender que os rumos que a ACEB está inexoravelmente tomando não avançarão em absolutamente nada a causa de Cristo e a purificação urgente da Igreja evangélica brasileira;

Que Deus guie e abençoe a cada um. Que o Senhor abençoe a Sua Igreja no Brasil e a cada um de vocês em particular. Permanecererei orando para que a Igreja de fato venha a se unir e haja um resgate claro da fé evangélica, que está se corrompendo em muitos ambientes, fato sobre o qual já comentamos e concordamos.

 
Na paz e no amor do Mestre,
 
+ Walter McAlister
Bispo Primaz da Aliança das Igrejas Cristãs Nova Vida FONTE CPAD NEWS

Israel diz que construirá 4.300 casas em Jerusalém Oriental



Decisão do país contraria pressão internacional e eleva tensão no Oriente Médio

Israel diz que construirá 4.300 casas em Jerusalém Oriental
Israel aprovou a construção de 4.300 casas no território palestino ocupado de Jerusalém Oriental, apesar da reprovação internacional pelo anúncio de novas construções em uma colônia da Cisjordânia na semana passada.

O ministro do Interior de Israel, Eli Yishai, assinou a aprovação de três projetos de construção em Jerusalém, que serão realizados na parte da cidade ocupada aos palestinos desde 1967, indicou o serviço de notícias israelense Ynet.

Deste total, 1.600 casas ampliarão o assentamento judaico de Ramat Shlomo, 700 serão construídas na colônia de Pisgat Ze'ev e outras duas mil na de Givat Hamatos.

Há uma semana, o Comitê de Planejamento do Ministério do Interior de Israel também deu sinal verde para a edificação de 930 casas em Har Homa, uma colônia judaica na Cisjordânia, próxima a Belém.

Yishai vinculou a aprovação do plano aos protestos sociais no país pelo preço da moradia e o alto custo de vida.

Estados Unidos, União Europeia e outros membros da comunidade internacional condenaram a decisão israelense, que consideraram contrária aos esforços para retomar as negociações diretas de paz entre israelenses e palestinos, estagnadas desde setembro de 2010.

Frustrados perante a contínua expansão dos assentamentos judaicos em território ocupado e a detenção brusca das negociações, os palestinos tentarão no próximo mês obter o reconhecimento internacional como Estado independente na ONU, ação que Israel considera um ato unilateral contrário aos acordos de paz de Oslo (1993). 


Fonte: Veja /  Agência EFE VIA CPAD NEWS

Epidemia de cólera piora situação da fome na Somália



Pior da crise ainda não passou, pois há risco de propagação de doenças

Epidemia de cólera piora situação da fome na Somália
A ONU afirmou nesta sexta-feira (12) que "o pior" da crise provocada pela fome na Somália ainda não passou, após confirmar que há uma epidemia de cólera que, na atual situação de insalubridade, desnutrição e aglomeração de deslocados, é altamente perigosa.

"Não cometamos o erro de achar que o pior passou. Esta crise continua, com deslocamentos maciços, risco de propagação de doenças, aglomeração nos acampamentos e situações que devem ser superadas pelos trabalhadores humanitários no terreno", sustentou o porta-voz do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (Acnur), Adrian Edwards.

A esse conjunto de problemas se soma agora a confirmação de uma epidemia de cólera em Mogadíscio, para onde se deslocaram milhares de pessoas procedentes das regiões do sul da Somália mais afetadas pela seca. Em entrevista coletiva, o especialista da Organização Mundial da Saúde (OMS), Michel Yao, disse que em testes de laboratório foi confirmado um número de casos três vezes mais elevado em comparação com um ano atrás, o que configura uma epidemia de cólera em curso.

Casos 

Os casos de cólera foram confirmados principalmente em Mogadíscio, mas também foram observados surtos em áreas do sul do país. Em Mogadíscio e na Somalilândia também foram confirmados casos de sarampo e dengue. A rápida propagação da cólera foi atribuída por Yao à multiplicação dos assentamentos de deslocados em condições de extrema precariedade, ao difícil acesso à água potável e a serviços de saneamento básico, à alta taxa de desnutrição infantil, assim como à limitada capacidade dos centros de saúde.

O especialista confessou que sua organização teme uma rápida propagação dessa doença infecciosa como consequência dos "movimentos da população". Segundo dados da OMS, 53% dos casos de cólera são em crianças. 


Fonte: Veja / EFE VIA CPAD NEWS

 

Musical Meu Tributo celebrará os 50 anos do ministério de Victorino Silva



Evento acontecerá na AD de Vila Americana, em Curitiba, nos dias 27 e 28 de agosto

Musical Meu Tributo celebrará os 50 anos do ministério de Victorino Silva
Nos dias 27 e 28 de agosto, a Banda Filarmônica Última Milha, da Igreja Evangélica Assembleia de Deus Vila Americana, em Curitiba, Paraná, promoverá o Musical Meu Tributo com o pastor Victorino Silva louvando e adorando a Deus, na sede da igreja.  

Composta por 60 músicos, a Banda Filarmônica Última Milha foi criada em 1985 com a proposta de, com muita união, louvar a Deus através dos instrumentos. Atualmente,  a banda é dirigida pelo músico e segundo maestro Lucas Brazão.

Pastor Victorino Silva 

Prestes a completar 50 anos de dedicação em louvor ao Senhor, Victorino Silva será homenageado no local, por ser reconhecido não só como cantor, mas também como um verdadeiro adorador. 
Ao longo de seu ministério, o pastor Victorino sempre esteve acompanhado por renomados maestros, como Ezequiel Matos e, na grande maioria das obras, o maestro Misael Passos, que já o acompanha desde os tempos das Cruzadas Evangelísticas do pastor Bernard Johnson.

O pastor Victorino converteu-se a Cristo ainda jovem e, desde então, tem sido canal de Deus para abençoar muitas vidas. Conhecido por suas mensagens poéticas e uma voz afinadíssima, ele tem mais de 30 discos, dentre eles seis CDs e dois DVDs gravados com o selo Patmos Music. 

Previsto para chegar às lojas ainda este mês, seu novo álbum, Eternidade, promete ser mais um marco na música evangélica brasileira. Produzido por Ezequiel de Matos, o trabalho está repleto de novidades.


Fonte: Patmos Music / AD Vila Americana / Redação CPAD News
Arte: AD Vila Americana

Marcha para Jesus sustentável em Guarulhos



Grupo de voluntários irá recolher o lixo reciclável ao longo do percurso da caminhada

Marcha para Jesus sustentável em Guarulhos
Uma multidão com cerca de 120 mil pessoas é esperada para a oitava edição da Marcha para Jesus de Guarulhos, no próximo dia 27 de agosto (sábado), a partir das 13 horas. Dentre os grupos que participarão da caminhada, o Ministério O2 Church, da Igreja Renascer em Cristo, de Guarulhos, promete fazer a diferença.

Cerca de 150 voluntários recolherão todo o lixo reciclável produzido ao longo dos quatro quilômetros de percurso da Marcha, para encaminhar às cooperativas que fazem a coleta seletiva na cidade. Além de estudar a Palavra de Deus, o O2 Church também busca conscientizar as pessoas sobre a importância da preservação do meio ambiente e torná-las defensoras e atuantes no espaço onde vivem. “Estamos felizes por ser a primeira Marcha a executar um projeto como esse. Nossa intenção é levar a ação para outras Marchas, para que a cidade não fique suja após o término do evento”, declara a líder do ministério, pastora Cris Juliari. Ela destaca ainda que alguns trios elétricos estarão enfeitados com garrafas pet.

Os participantes da caminhada evangélica também poderão colaborar, descartando o lixo nos locais corretos e não jogá-lo nas vias públicas. Ao longo do trajeto e na concentração haverá lixeiras de coleta seletiva, bem como faixas de orientação, para facilitar o reaproveitamento dos materiais.

A coleta seletiva e a reciclagem de lixo são iniciativas importantes para o meio ambiente. Por meio delas é possível recuperar matérias-primas e conter a lotação nos aterros sanitários. Fazendo isto, reduz-se os gastos com a gestão dos resíduos. O projeto tem o apoio da Secretaria de Serviços Públicos da Prefeitura de Guarulhos, do movimento Limpa Brasil, da ONG Ecoficina e da Cooperativa dos Catadores de Resíduos de Guarulhos.

A Marcha
A concentração da Marcha será na Avenida Paulo Faccini, a partir das 13h. O percurso seguirá em direção à Avenida Transguarulhense, no Parque Continental, onde estará montado o palco central para a apresentação de cantores e grupos renomados do meio gospel, como Renascer Praise, André Valadão, Fernandinho, Lázaro, Thalles Roberto, Ao Cubo, Marcelo Aguiar, Kleber Lucas, Talita Pagliarin, Waguinho, Gerson Ortega e Jéssica Sena. O evento é uma realização do Conselho das Igrejas Evangélicas Apostólicas do Brasil (CIEAB), Conselho de Ministros Evangélicos de Guarulhos (COMEG) e das Igrejas Batistas de Guarulhos, e conta com o apoio da revista Exibir Gospel, Prefeitura de Guarulhos e da Rádio Gospel 90.1 FM.

 Carro zero-quilômetro será sorteado
 A grande novidade da oitava edição da Marcha para Jesus de Guarulhos é o sorteio de um carro zero-quilômetro, modelo Celta. No site www.marchaparajesusguarulhos.com.br estão todas as informações, inclusive o regulamento da promoção. Após o preenchimento do cupom on-line, o internauta receberá a ficha preenchida no e-mail cadastrado. Ela deverá ser impressa e entregue em um dos postos divulgados no site ou no dia da Marcha, mediante a entrega de um quilo de alimento ou brinquedo.

Mutirão da cidadania e solidariedade

Por meio de uma parceria com a Prefeitura de Guarulhos, vários serviços de saúde, bem-estar e cidadania estarão à disposição do público durante a Marcha para Jesus. Haverá também os postos para doação de agasalhos e brinquedos, do Fundo Social de Solidariedade. Mais de 100 voluntários atenderão os participantes da Marcha. Serão oferecidos serviços, como corte de cabelo, teste de glicemia, teste de diabetes, aferição de pressão arterial, atendimento do Procon, atendimento jurídico, manicure e pedicure, atendimento pastoral e psicológico, recolhimento de agasalhos, espaço kids para recreação das crianças e informações de saúde e combate à dengue.


Fonte: Assessoria de Imprensa VIA CPAD NEWS

Deputados evangélicos criam projeto para proibir governo de financiar propostas pró-gays



Objetivo é evitar que o Governo brasileiro ´seja controlado por grupos minoritários que queiram impor a sua visão de mundo`

Deputados evangélicos criam projeto para proibir governo de financiar propostas pró-gays
A Câmara analisa o Projeto de Lei 733/11, dos deputados Marcelo Aguiar (PSC-SP), Lauriete (PSC-ES) e Acelino Popó Freitas (PRB-BA), que proíbe o poder público de apoiar segmentos sociais específicos por meio de conteúdo de ensino que afronte valores familiares. 

O projeto também proíbe o governo de veicular publicidade oficial e promover ações culturais com conteúdo discriminatório (que resulte em distinção entre brasileiros ou preferências entre si), assim como a concessão de auxílio a entidade que queira promover ações discriminatórias.

O deputado Marcelo Aguiar afirma que o projeto busca evitar que o Governo brasileiro “seja controlado por grupos minoritários que queiram impor a sua 
visão de mundo que não se coaduna com a preservação da família e com a tolerância para quem quer exercer a sua integral individualidade nos limites traçados pela Constituição”. Ele critica, por exemplo, a “exaltação de comportamento sexual contrário aos bons costumes” em escolas frequentadas por crianças.

Pela proposta, o descumprimento da lei enquadrará o agente público em ato de improbidade administrativa (Lei 8.429/92), com penas que vão de multa a perda da função pública.


Fonte: Gospel+ via CPAD NEWS

Evangélicos promovem doação coletiva de sangue no ES



Mais de 80 membros da Igreja Missionária participaram da ação

Evangélicos promovem doação coletiva de sangue no ES
Nesta sexta-feira (12), a Igreja Missionária promoveu uma doação de sangue coletiva, no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Espírito Santo (Hemoes), em Vitória.  Mais de 80 cristãos participaram da ação. O objetivo do grupo é estimular toda a sociedade a doar.

O pastor Tiago Roque conta que um de deus filhos sofreu um acidente e precisou receber sangue, no Rio de Janeiro. O pastor, então, passou a incentivar e mobolizar amigos, familiares e a igreja a serem doadores. 

"O acidente do meu filho abriu meus olhos para a importância de não deixar os estoques dos bancos de sangue acabarem'', diz o irmão.

Seja um doador

Segundo especialistas, para ser um doador basta pesar mais de 50 kg e ter entre 18 e 65 anos, não estar em jejum, está bem de saúde e levar a carteira de identidade.

Não deve doar quem já teve hepatite, doença de chagas, malária, sífilis, quem tiver histórico recente de DST, quem tem o vírus HIV ou AIDS.


Fonte: G1 / Redação CPAD News

LIÇÃO 05 - A INSTITUIÇÃO DA MONARQUIA EM ISRAEL / SUBSÍDIOS / CLASSE ADULTOS

Apresentado pelo Comentarista das Revistas Lições Bíblicas Adultos da CPAD, pastor Osiel Gomes