SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (73) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (153) CLASSE MATERNAL (104) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (506) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (285) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (10) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (148) MODISMOS (2) Mundo (610) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (230) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (111) REVISTA CLASSE JUNIORES (243) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (189) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (401) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (597) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

20 março 2012

Evangélicas brasileiras sequestradas no Egito dão testemunho



´A gente orou por nove horas`, testifica a irmã Sara, grata pela intervenção de Deus



Evangélicas brasileiras sequestradas no Egito dão testemunho
Uma das evangélicas brasileiras sequestradas no Egito, Sara Lima Silvério, de 18 anos, disse na noite deste domingo (18) que foi bem tratada pelos beduínos, que a levaram para um vale no meio do deserto.
Após chegar ao hotel escoltada por generais do Exército egípcio, testemunhou: "Não me tocaram. Não molestaram nenhuma de nós. Eles não foram agressivos com a gente", afirma Sara, grata a Deus e às orações dos irmãos que sabiam do seqüestro e intercediam por elas (foto). Sara e a missionária Zélia Magalhães de Mello, de 45 anos, foram libertadas do cativeiro sem ferimentos após negociações.
"A gente foi tirada do ônibus, colocada dentro de um carro. Levaram a gente para o meio do deserto, no Vale do Sinai. Lá eles colocaram um tapete no chão, a gente sentou e eles deram várias cobertas. Depois, serviram chá, serviram comida", contou em entrevista, por telefone, do Egito.
Segundo ela, quando iam ao banheiro, os sequestradores não a acompanhavam, preservando sua intimidade. "A gente orou por nove horas, desde o momento em que fomos levadas até o momento em que chegamos ao hotel", afirma testificando a intervenção e o poder de Deus ao livrá-las.
Sara e Zélia fazem parte da Igreja Evangélica Avivamento da Fé, que tem sede em Osasco, na Grande São Paulo. O grupo de 42 pessoas realizou uma excursão ao país.
Os irmãos haviam saído do Cairo e tomado uma estrada rumo ao Monte Sinai. "De repente, dois carros ultrapassaram o ônibus e eles desceram atirando. Foram vários disparos, de metralhadora e de fuzil. Eles atiraram na porta do ônibus. Achei que estavam até atirando na gente. Foi então que eles entraram no ônibus e levaram as duas para fora", afirmou o Pastor Dejair Silvério, pai de Sara.
O ônibus foi interceptado por um grupo de beduínos que sequestrou, além das duas irmãs, o segurança do ônibus, que é egípcio e estava armado, segundo fontes do Itamaraty.
Sara afirmou que fará a viagem ao país novamente "sem problemas". "Volto com certeza", disse confiante e feliz pelo livramento recebido. Ela afirmou ainda que os beduínos "quiseram chamar a atenção do governo". "Foi algo político."
A jovem relata que o guia sequestrado ajudou na comunicação, traduzindo o que os beduínos perguntavam. "Eles sempre perguntavam se a gente estava com frio, fome e falando que tudo ia ficar bem... A gente só achava que ia acontecer alguma coisa quando eles começavam a falar muito alto. Mas a gente não chorou, não gritou, manteve a calma", conta.
Sara definiu o reencontro com a família como algo "lindo". O pai, a mãe e a irmã aguardavam a chegada dela no hotel perto do Monte Sinai. "A gente começou a dançar. Todo mundo abraçou a gente. Foi uma experiência incrível, porque acrescentou muito à minha fé", testemunha.
A intenção do grupo é cruzar a fronteira com Israel nesta semana e voltar ao Brasil no dia 27. Sara, que fez um intensivo de inglês em Dallas, pretende cursar música. A segunda opção é ser tradutora intérprete. Ela disse que atualmente faz cursos de francês e japonês. Após tão grandiosa experiência, quem sabe nossa irmã ainda não usará estes planos pra realizar missões?!


Fonte: G1 / Redação CPAD News

Dia mundial de evangelismo e oração



Igrejas e organizações se mobilizam para realizar no dia 02 de junho o Global Outreach Day (G.O.D.)



Dia mundial de evangelismo e oração
Um dia: 02 de junho de 2012. Um mundo: 200 nações. Uma mensagem: Jesus. O que aconteceria se as boas novas de Jesus Cristo fossem proclamadas em todas as nações da terra no mesmo dia?

Milhões de cristãos irão compartilhar a mensagem do Evangelho em todo o mundo no Global Outreach Dia. A visão é tão simples que cada igreja e cada cristão podem fazer a sua parte, usando os seus próprios dons para compartilhar Cristo de uma forma única apropriada ao seu ambiente cultural.

O Global Outreach Dia  (Dia de Alcance Global) e o Dia Mundial de Oração estão se unindo para construir dois pilares fundamentais do cristianismo: evangelismo e oração. “Nossa visão é a de mobilizar cristãos em mais de 200 nações para levar o Evangelho a todos, em todos os lugares em um dia a cada ano”, afirmam os organizadores.

A visão do Dia de Alcance Global é construir uma rede de cristãos no mundo inteiro, equipando e mobilizando-os a compartilhar o Evangelho a mais de 200 nações em um único dia.

É a sua colheita!
O Dia Global pode acontecer através de pessoas individuais e igrejas individuais. O objetivo é cada cristão levar as boa novas de Jesus Cristo. 

Qualquer um pode participar. E todos podem fazê-lo em sua própria maneira. Quer ir a hospitais, prisões ou para as ruas? Você pode usar o Dia de Alcance Global para difundir o Evangelho. Você pode até convidar as pessoas em sua casa e dizer-lhes sobre Jesus durante o jantar.

O Dia Outreach Global não será só um dia especial para aquelas pessoas que dão suas vidas a Cristo. Poderia ser o início de um novo estilo de vida missionária de cada pessoa que se envolver. Neste dia pode-se iniciar uma onda de evangelização em todo o mundo, e você pode ser uma parte deste dia histórico!

Muitas igrejas e organizações já estão fazendo parte na Out Global. Faça parte da equipe e vamos alcançar este mundo juntos.

"O Dia Solidário Global é uma visão de Deus e eu acredito nesta visão. Esperamos ver milhões de pessoas vindo para o Reino de Deus", afirma Loren Cunningham, da Jocum, uma das organizações parceiras. 
 
Fonte: Globaloutreachday.com

Cristãos iraquianos continuam fugindo do país



Violência que atinge os cristãos causou o êxodo de centenas de milhares deles



Cristãos iraquianos continuam fugindo do país
O Iraque passa por um grande êxodo de cristãos fugindo do país por causa da perseguição, da guerra e das dificuldades causadas por ambas

A violência sectária que atinge os cristãos, no Iraque, causou o êxodo de centenas de milhares deles, obrigando- os a fugir de suas casas e terra natal, desde 2003, quando a invasão liderada pelos EUA derrubou o governo de Saddam Hussein. De acordo com estimativas internacionais, antes da guerra do Iraque, a população cristã estava entre 800 mil e 1,4 milhões de fiéis, quase 10 anos após o início do conflito esse número caiu para menos de 500 mil.

As principais razões para a queda deste número são: medo de assassinatos, sequestros e atentados à bomba. Os cristãos estão fugindo para regiões seguras na região do Curdistão, norte do Iraque e para países vizinhos. Lojas e  propriedades de cristãos têm sido alvo de ataques e incêndios; um empresário cristão foi sequestrado na capital do Curdistão, Erbil, e vários outros foram mortos à tiros em outra aldeia.

Muitos dos cristãos, que hoje residem no Curdistão, abriram mão de suas casas e posses segurança ali, após um ataque suicida a uma igreja cristã em Bagdá ocorrido em outubro de 2010, no qual mais de 50 pessoas perderam suas vidas. No entanto, eles enfrentam intimidações, ataques e ameaças tambem no norte do país. A Organização Internacional de Migrações vem acompanhando cerca de 1.350 famílias cristãs erradicadas no norte do Iraque.

O governo curdo oferece assistência a esses cristãos, tais como terra e combustível livre, e cargos públicos em conselhos locais, bem como no parlamento do Curdistão e de Bagdá. Mas segundo um cristão local, de modo geral, não há nenhuma melhoria. Não há trabalho ", disse ele, que quer emigrar para o Arizona, EUA.

A retirada das tropas americanas do Iraque também diminuiu drasticamente a proteção das minorias religiosas. Segurança, no entanto, não é a única razão para o êxodo, impulsionado também pela falta de trabalho e más condições de vida.

Em relatório recente, a Comissão Internacioanal sobre Liberdade Religiosa dos Estados Unidos disse: "A conseqüência desse êxodo, pode ser o fim do cristianismo no Iraque." Com a fuga desses cristãos, o Iraque está perdendo parte do seu patrimônio espiritual e cultural.


Fonte: Portas Abertas

Eritreia: um dos governos que mais perseguem os cristãos



País tem mais de 3 mil cristãos presos por praticarem sua fé

Eritreia: um dos governos que mais perseguem os cristãos
A Eritreia é um dos países do mundo que mais perseguem os cristãos. Hoje, a Eritreia tem mais de 3 mil cristãos presos, por praticarem sua fé publicamente

Por conta da perseguição religiosa, entre outros fatores, no ano passado, a Eritreia foi incluída no relatório anual de Liberdade Religiosa Internacional, na Comissão dos EUA, que lista os países, cujos ambientes de discriminação e perseguição são "motivos de preocupação." Há muito tempo as Nações Unidas têm dado atenção especial à violação dos direitos humanos contra os cristãos, no país.

Os cristãos, membros de denominações não reconhecidas pelo governo, são perseguidos e presos em contêineres de metal, locais muito quentes e insalubres, e em prisões apertadas e imundas. De acordo com a agência de notícias Christian Solidarity Worldwide (CSW), milhares de pessoas são detidas, arbitrariamente, sob acusões políticas, sofrendo privações e torturas. Estima-se que, hoje, no país há entre 2 mil e 3 mil cristãos presos em situações desumanas e sem direito a julgamento.

O mesmo aconteceu com a cantora evangélica Helen Berhane. Mantida presa por mais de dois anos em condições desumanas e sem direito a julgamento, Helen foi acusada de ter um discurso anti-patriotico e de apresentar em suas canções, um discurso contrário ao do Estado, sendo considerada um “inimigo político”. Helen, na verdade, foi presa e torturada por causa de sua fé em Cristo.

Não existe processo judicial independente na Eritreia, o que significa que os cidadãos não podem, de forma pacífica, fazer protestos e, que as organizações nacionais de direitos humanos não existem. Além disso, a imprensa não tem liberdade de expressão.


Fonte: Portas Abertas

LIÇÃO 05 - A INSTITUIÇÃO DA MONARQUIA EM ISRAEL / SUBSÍDIOS / CLASSE ADULTOS

Apresentado pelo Comentarista das Revistas Lições Bíblicas Adultos da CPAD, pastor Osiel Gomes