SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (71) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (146) CLASSE MATERNAL (103) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (505) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (284) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (9) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (147) MODISMOS (2) Mundo (608) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (229) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (110) REVISTA CLASSE JUNIORES (242) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (185) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (391) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (592) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

29 outubro 2012

Começa a construção da casa pastoral em Monte Horebe




A Assembleia de Deus em Monte Horebe, município do sertão paraibano, está construindo a casa pastoral. A obra, conforme vemos na foto ao lado, já registra um avanço significativo.
A igreja, que é liderada pelo pastor Manoel Estrela, participa ativamente da construção. Segundo informações, um grupo de irmãos se reúnem aos sábados para ajudar na construção da casa.
A obra vai trazer muitos benefícios para a congregação de Monte Horebe.
Ramon Nascimento
ramon@adpb.com.br
FONTE  ADPB

2º Salva Kid’s reúne mais de 10 mil crianças no ginásio O Ronaldão




Aconteceu, na tarde do último sábado (27), um grande congresso de crianças  no ginásio O Ronaldão. Um evento organizado pelo departamento infantil da igreja Assembleia de Deus na Paraíba.
Mais de 10 mil crianças participaram da festa, acompanhada de seus pais e professores da escola bíblica dominical. “Foi a coisa mais linda! Ver crianças sendo batizadas no Espírito Santo, pra mim, é muito gratificante participar de um evento desta natureza”, informou a irmã Maria Aparecida.
A presença da Tia Jô e seus amiguinhos foi a animação das crianças. Salientando que ela também participou do evento no ano passado.
O evento denominado  Salva Kid’s 2012 repetiu a relevância com a qual obteve no ano passado, com a participação de milhares de crianças.
O Salva Kid’s já é o maior evento infantil da igreja Assembleia de Deus na Paraíba.
A irmã Vera Lúcia Cavalcanti agradece a todos que contribuíram para a realização desta programação especial.
Ramon Nascimento
ramon@adpb.com.br
fonte ADPB

VI Congresso de Senhoras da AD Coremas


A AD Coremas estará realizando, no período de 20 a 23 de Setembro/2012, o VI CONSADEC (Congresso de Senhoras da Assembleia de Deus de Coremas).

A Programação do evento terá início na quinta-feira, 20/09/2012, com o Círculo de Oração a partir das 14:00h, em comemoração aos seus 49 anos de realização pelas irmãs da AD Coremas. Através do Círculo de Oração muitas bênçãos e vitórias foram alcançadas em muitas vidas, por meio da fé e da oração. "A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos" (Tiago 5:16). O Círculo de Oração é uma reunião de irmãs, cujo objetivo primordial é a ORAÇÃO. Se estende por um período de 2 horas, divididas em duas sessões: 1 hora de oração (de joelhos) e 1 hora para Leitura da Palavra, Louvores e Testemunhos. Pode participar qualquer pessoa que deseja buscar a Deus.

Na sexta-feira, dia 21/09/2012, teremos o Culto de Abertura, a partir das 19:00h, onde as senhoras farão a tradicional cerimônia de entrada das Bandeiras e, no decorrer do trabalho, louvores, orações, pregações e testemunhos serão dados por todos aqueles que estarão cooperando conosco, tanto por parte das irmãs locais como por parte dos irmãos e irmãs advindos das diversas igrejas da região.

A programação do Sábado e do Domingo, 22 e 23/09/2012, respectivamente, seguirão com os horários tradicionais:

  • Sábado: Estudo Bíblico às 14:00h e Culto Festivo às 19:00h;
  • Domingo: Estudo Bíblico às 14:00h e Culto Festivo às 19:00h.
Portanto, todos os amigos, irmãos de outras cidades e igrejas locais, estão convidados a participarem conosco destes 4 dias de festividades ao SENHOR JESUS. 

O pastor José Carlos Barbosa, a irmã Charlene Guedes e todas as senhoras da Igreja agradecem desde já a  colaboração, a participação e o empenho de todos, para que o Nome do Senhor Jesus seja glorificado. Amém!
 fonte  AD Coremas

PMs de Cristo lançam campanha ´Ore Pela Sua Polícia´



Campanha começa no dia 25 de outubro e se encerra em 15 de dezembro


PMs de Cristo lançam campanha ´Ore Pela Sua Polícia´
Após ataques a dezenas de policiais e ondas de violência abalando São Paulo, a Associação PMs de Cristo promove a campanha 'Ore Pela Sua Polícia', com o objetivo de mobilizar a comunidade cristã evangélica a se unir em jejum em favor da Polícia e da Paz.
 
Com a proposta de jejum durante 52 dias, a campanha começa dia 25 de outubro e se encerra em 15 de dezembro, data em que a Polícia Militar de São Paulo completa 181 anos.
 
A história de Neemias, que em 52 dias liderou o desafio de reconstruir os muros de Jerusalem, é a base bíblica da campanha.
 
O projeto terá cadastramento via web de igrejas e voluntários. Haverá relógios de oração de 24 horas sem parar. As igrejas serão informadas dos motivos de oração e terão oportunidade de conhecer melhor a atividade policial.
 
O site para cadastramento é www.pmsdecristo.org.br


Fonte: Guia-me com informações Assessoria de Imprensa

Extremistas ateiam fogo à Igreja protestante na Indonésia



A Indonésia é o maior país muçulmano do mundo, mas o distrito de Poso tem uma grande comunidade cristã


Extremistas ateiam fogo à Igreja protestante na Indonésia

Um grupo não identificado incendiou a Igreja Pentecostal Madele, na cidade de Poso. A reação rápida de membros da Igreja, com o auxílio de alguns muçulmanos, manteve a situação sob controle, limitando os danos. Em outro incidente, a explosão de uma bomba feriu três pessoas, incluindo dois agentes da polícia
A cidade de Poso, na província de Sulawesi Central, Indonésia, tem sido palco da violência sectária contra a minoria protestante local. Durante a noite de domingo (21), radicais atearam fogo à Igreja Pentecostal Madele. A rápida intervenção dos irmãos presentes conteve a propagação do fogo e poupou o templo de danos mais graves. O chefe de polícia Eko Santoso confirmou a motivação religiosa do incidente e informou que o ataque anti-cristão "ocorreu à noite, em torno da meia-noite".
A Indonésia é o maior país muçulmano do mundo, mas o distrito de Poso tem uma grande comunidade cristã. Seu território já sediou confrontos sangrentos de intolerância religiosa que deixaram milhares de mortos em ambos os lados.
O fogo teve início quando a caixa do correio, encharcada com gasolina, foi incendiada. Primeiro, as chamas se espalharam para a residência do pastor. A ação do corpo de bombeiros e voluntários impediu que o incêndio destruísse os dois edifícios. O líder cristão Aben agradeceu publicamente os aldeões, incluindo "alguns muçulmanos", que ajudaram a proteger o prédio da igreja.
Mais violência
Segunda-feira (22), outros dois carros-bomba explodiram perto de um posto policial, ferindo três pessoas; incluindo dois agentes em serviço no momento. Investigadores acreditam que o posto foi alvo de um ataque terrorista de natureza religiosa.
"O grupo usou um dispositivo sofisticado que detonou a bomba remotamente, através de um telefone celular", relatou um agente. Nas últimas semanas, edifícios cristãos, incluindo locais de culto, têm sofrido ataques significativos.
Em outro caso, dois agentes policiais foram assassinados sob circunstâncias misteriosas. Eles desapareceram enquanto investigavam um ataque recente contra um membro proeminente da comunidade cristã. Seus corpos foram encontrados depois de oito dias, ao lado de uma estrada, perto de um centro de formação ligado a um grupo extremista muçulmano.
Histórico
Entre 1997 e 2001, cristãos e muçulmanos envolveram-se em um conflito violento nas ilhas vizinhas de Sulawesi e Maluku. Milhares de pessoas morreram e centenas de igrejas e mesquitas foram destruídas. Casas foram destruídas e cerca de meio milhão de pessoas ficaram desabrigadas, somente em Poso, foram 25 mil.
Em 20 de dezembro de 2001, os dois lados chegaram a um acordo, assinado em Malino, depois de uma iniciativa de paz do governo. A população local é igualmente dividida entre cristãos e muçulmanos.
Apesar do acordo de paz, incidentes terroristas continuaram e deixaram um rastro de vítimas inocentes. Um dos casos mais terríveis, que causou indignação em todo o mundo, foi a decapitação de três meninas cristãs em seu caminho para a escola. Os autores do crime, que aconteceu em outubro de 2005, foram extremistas muçulmanos.

Fonte: Portas Abertas

Começa a retirada dos últimos falashas - os judeus etíopes - rumo a Israel



Os etíopes estão esperando em um campo de refugiados na província de Gondar antes de irem para Israel


Começa a retirada dos últimos falashas - os judeus etíopes - rumo a Israel

O governo israelense iniciou a Operação Dove’s Wings (asas de pomba), destinada a trazer para Israel, até março de 2014, os últimos 2.200 falashas – judeus etíopes – que ainda vivem na Etiópia. Nesta segunda-feira, 29, um voo charter trará os primeiros 240 falashas – ou Beta Israel, como eles se denominam.
Entre 1984 e 1991, depois de terem sido reconhecidos como judeus, cerca de 40 mil falashas foram trazidos para Israel em várias operações, entre elas a Operação Moisés, Operação Josué e a Operação Salomão. Hoje, vivem no país cerca de 120 mil falashas.
Os etíopes estão esperando em um campo de refugiados na província de Gondar antes de irem para Israel. Alguns estão esperando há 10 anos. O vôo é o primeiro de uma série de voos regulares mensais.
A Agência Judaica de Absorção Ibim Center, uma vila estudantil no sul de Israel localizada perto de Sderot, terá capacidade para acomodar 600 dos novos imigrantes. O centro foi inaugurado com US$ 3,1 milhões em ajuda da Agência Judaica e US $ 1,4 milhões do Ministério de Absorção de Imigrantes.
O primeiro-ministro Binyamin Netanyahu estava programado para participar de uma cerimônia para receber os novos imigrantes etíopes na tarde de segunda-feira, mas cancelou sua participação. Funcionários do governo, bem como funcionários de filantropia de Israel e dos Estados Unidos, estarão presentes na cerimônia.

Essa imigração dos falashas faz parte do cumprimento das profecias bíblicas relativas ao retorno do povo judeu a Israel, que podem ser vistas, por exemplo, em duas passagens do Livro do Profeta: “E há de ser que naquele dia o Senhor tornará a pôr a sua mão para adquirir outra vez o remanescente do seu povo, que for deixado, da Assíria, e do Egito, e de Patros, e da Etiópia, e de Elã, e de Sinar, e de Hamate, e das ilhas do mar. E levantará um estandarte entre as nações, e ajuntará os desterrados de Israel, e os dispersos de Judá congregará desde os quatro confins da terra” (Is 11.11-12).
“Não tenha medo, pois eu estou com você, do oriente trarei seus filhos e do ocidente ajuntarei você. Direi ao norte: Entregue-os! E ao sul: Não os retenha. De longe tragam os meus filhos, e dos confins da terra as minhas filhas; todo o que é chamado pelo meu nome, a quem criei para a minha glória, a quem formei e fiz” (Is 43.5-7).
 
Fonte: Assessoria de Imprensa Cembri

Cristãos palestinos sofrem e perseveram por amor à fé



´Considero que os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a glória que em nós será revelada`(Rms 8.18)



Cristãos palestinos sofrem e perseveram por amor à fé

O cristianismo é uma realidade cada vez mais residual no território em que Jesus nasceu e viveu. Hoje os cristãos representam pouco mais de 1% da população israelita e palestina.
“Nunca me esquecerei de suas orações por mim e pela minha família. Eu pude senti-las, e elas tocaram meu coração de maneira poderosa. Elas me encheram de força e capacidade para suportar aquele terrível acontecimento. Suas orações por mim são como uma bengala que me ajuda a andar e a manter o equilíbrio aonde quer que eu vá”.
As palavras acima foram ditas por Pauline Ayyad, esposa de Rami Khader Ayyad, ex-diretor da única livraria cristã da Faixa de Gaza (Palestina), sequestrado e assassinado em 2007, após sofrer uma série de ameaças de radicais islâmicos. Um grupo ligado à Al Qaeda, que atuava em Gaza, assumiu a responsabilidade por lançar bombas na livraria e também por matar Rami. O casal Ayyad tinha dois filhos; quando Rami foi morto, Pauline estava grávida de 5 meses de uma menina. Hoje Pauline e seus três filhos passam bem, mas sofreram muito e ainda sofrem com a perda de Rami.
A realidade dos cristãos palestinos é muito dura, principalmente para aqueles que vivem na Faixa de Gaza, região governada pelo partido islâmico Hamas. Os cristãos de Gaza sofrem com diversos problemas psicológicos devido à pressão feita pelas forças do governo, além disso, sofrem com o desemprego, com o isolamento da sociedade, com um sentimento latente de insegurança, etc. Muitos, inclusive crianças, estão traumatizados pelas crueldades que aconteceram e ainda acontecem em Gaza. 
Em outras áreas da Palestina*, como em Belém, a população cristã diminuiu drasticamente nos últimos 20 anos, de 60 para apenas 10%. Na Cisjordânia, há situações de discriminação e danos de propriedades cristãs. Isso ocorre devido aos constantes ataques e pressões que a comunidade cristã sofre por parte das autoridades locais e do fanatismo religioso. Mesmo assim é possível notar a presença de cristãos, por exemplo, em Belém, Ramallah, Nablus e outros locais. Em Nablus, no norte da Cisjordânia, restam hoje, aproximadamente, 500 cristãos – há 40 anos eles eram 3.000.
Mesmos sem grande peso político ou econômico, os cristãos asseguram que a sua presença na Palestina nunca irá desaparecer. “Somos poucos, somos pequenos, mas estamos aqui e permaneceremos”, afirma um cristão palestino. 
O Auxílio da Portas Abertas
A Portas Abertas tem atuado em diversos países ao redor do mundo para socorrer cristãos em situações de vulnerabilidade, discriminação e perseguição religiosa. Nos últimos anos a Portas Abertas tem atuado em parceria com a Sociedade Bíblica Palestina para dar assistência às famílias que, por causa dos conflitos entre israelenses e palestinos, perderam o contato com seus entes queridos e vivem em situação de pobreza extrema. 
“Com a ajuda da Portas Abertas Internacional, pudemos socorrer muitas famílias necessitadas e devolver o sorriso aos rostos das pessoas marginalizadas”, disse um membro da Sociedade Bíblica da Palestina. 
Nesses projetos, dezenas de famílias foram ajudadas com cestas básicas, remédios e materiais hospitalares.
A Portas Abertas também atua, na Palestina, através do Musalaha, um ministério de reconciliação entre jovens israelenses e palestinos. Organizando reuniões esporádicas, seminários e conferências, o Musalaha procura unir, através do amor de Cristo, jovens que foram separados pelo ódio e segregação.
Que possamos orar pela paz em Israel/Palestina, e para que muçulmanos e judeus se rendam ao incomparável amor de Cristo Jesus.
*Historicamente o termo Palestina abrange todo o território que hoje está dividido entre o Estado de Israel e as áreas habitadas por árabes palestinos, "Faixa de Gaza e Cisjordania", respectivamente sob o governo do Hamas e da Autoridade Nacional Palestina.
 
 
Fonte: Portas Abertas

LIÇÃO 09 - A MORDOMIA DO TRABALHO / SLIDES / CLASSE ADULTOS

BAIXAR OS SLIDES