SEJÁ VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR

Marcadores

Aborto (11) ACONSELHAMENTO PRÉ-MATRIMÓNIAL (5) Adolecentes Cristão (2) ADPB (1) ADULTÉRIO (2) Agradecimento (1) Aniversario (10) Apologética Cristã (10) Arqueologia (1) As Inquisições (1) Assembleia de Deus (5) Barack Obama (2) Batismos (29) Bíblia (3) Brasil (48) Casamento (25) CGADB (19) Ciência (6) Círculo de Oração (5) CLASSE BERÇÁRIO (26) CLASSE DOS DISCIPULANDOS (55) CLASSE JOVENS E ADULTOS CENTRAL GOSPEL (73) CLASSE JOVENS E ADULTOS BETEL (153) CLASSE MATERNAL (104) Congresso (49) CPAD (6) Cruzada (3) Curiosidades (3) Cursos (3) Departamento Infantil (5) Depressão (2) Desaparecido (4) DESENHOS BIBLICOS (1) Desfiles (3) Dia do Pastor (4) Discipulado (64) Divórcio (4) EBD (20) EBO (21) Escatologia (2) Estudantes (2) Estudos (506) Eventos (118) FALECIMENTO (5) Família (16) Filmes (18) Galeria de Fotos (12) Gospel (285) Gratidão a Deus (1) Hinos Antigos (3) História (4) Homenagens (3) Homilética (4) Homoxesualismo (3) Ideologia de Gênero (12) Idolatria (3) Inquisição (2) Islamismo (10) Israel (18) JARDIM DA INFANCIA (7) LIção de Vida (2) Louvor (1) Luto (42) Maçonaria (3) Mães (3) Mensagens (56) Ministério (34) Missões (148) MODISMOS (2) Mundo (610) Mundo Cristão (178) MUSICAS EVANGÉLICAS (3) Namoro Cristão (8) Noivados (1) Notícias (3155) Obreiros (9) ONU (4) Oração (1) Pneumatologia (1) política (121) Psicopedagogia (3) Pureza sexual (8) Realidade Social (17) Reforma Protestante (4) RELIGIÕES (3) Retiro (4) REVISTA BETEL JOVENS (1) Revista Central Gospel (1) REVISTA CLASSE PRIMARIOS (230) REVISTA CLASSE DOS PRE-ADOLESCENTES (267) REVISTA CLASSE DOS ADOLESCENTES (280) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFANCIA (111) REVISTA CLASSE JARDIM DA INFÂNCIA (111) REVISTA CLASSE JUNIORES (243) REVISTA DA CLASSE JOVENS CPAD. (189) REVISTA DA CLASSE JOVENS. (319) REVISTA DA CLASSE ADULTOS (872) REVISTA DA CLASSE JOVENS E ADULTOS (401) REVISTA DA CLASSE JUVENIS (262) Revista Maternal (63) Santa Ceia (3) Saúde (45) Seminário (4) Sexualidade (7) Subsídios (1507) Subsídios EBD (1900) Subsídios EBD Videos (597) Templos (3) Teologia (5) Testemunho (1) TRANSGÊNEROS (2) Utilidade publica (1) UTILIDADE PÚBLICA (2) Vida de Adolecente (5) videos (106) Virgilha (1)

06 novembro 2012

O peso do voto evangélico na eleição nos EUA


Pesquisas mostram Mitt Romney com 73% de preferência entre os eleitores evangélicos



O peso do voto evangélico na eleição nos EUA
Hoje, os norte-americanos vão às urnas para eleger o seu presidente para os próximos quatro anos. A disputa está acirrada. As pesquisas mostram o candidato republicano Mitt Romney e o presidente Barack Hussein Obama tecnicamente empatados no voto nacional, e as previsões sobre a vitória nos colégios eleitorais são as mais variadas, indo desde uma vitória para Obama por 303 a 235 colégios eleitorais até a vitória para Romney por 315 a 223 colégios eleitorais. Há também analistas que acreditam que a eleição pode ser apertadíssima como a de Bush sobre Al Gore em 2000. Porém, se depender do voto evangélico e católico, há grandes chances do republicano Mitt Romney ganhar o pleito deste ano.

Uma das fortes razões para que se acredite na vitória de Romney no pleito apertadíssimo deste ano é justamente a mobilização do voto evangélico. Nas eleições de 2008, 30 milhões de evangélicos ficaram em casa no dia da votação e Obama venceu a eleição por 10 milhões de votos de diferença. Neste ano, porém, de seis semanas para cá, as bases evangélicas começaram a se mobilizar pró-Romney de uma forma só vista recentemente nas eleições de 2000 e 2004.

Apoio católico e evangélico

Pesquisas recentes mostram que Romney está 14 pontos à frente de Obama entre os católicos (veja AQUI), que representam 30% dos eleitores do país; e segundo levantamento do Centro de Pesquisas Pew, realizado de 4 a 7 de outubro, Romney conta com 73% do apoio dos evangélicos, que representam 48% da população e 47% dos eleitores.

Anteontem, domingo, 4 de novembro, vários padres no país leram uma carta anti-Obama no púlpito de suas igrejas (veja AQUI). Antes, no domingo 7 de outubro, 1,6 mil pastores em todo o país subiram ao púlpito de suas igrejas para pregarem sermões em que analisavam as políticas de Obama e as propostas de Romney à luz da Bíblia. Esses pastores se opõem à Emenda Johnson de 1954, do então senador democrata Lyndon Johnson, que multa as igrejas e pastores que fizerem campanha a favor de um candidato a cargo público no país.

Os Estados Unidos são a maior, a mais antiga e a mais plena democracia do mundo, onde, por exemplo, votar e alistar-se nas Forças Armadas não são obrigatórios, e onde a liberdade de expressão é mais respeitada em todo o mundo. Porém, desde 1954, no país da plena liberdade política e de expressão, o direito de manifestação política foi suprimido das igrejas e pastores. Desde a independência dos EUA em 1776 até o ano de 1954 – ou seja, durante os seus primeiros 178 anos de história –, todas as igrejas e pastores nos EUA eram livres para declarar apoio explícito a qualquer candidato a um cargo público no país. Porém, naquele fatídico ano de 1954, o então senador democrata Lyndon Johnson propôs um projeto de lei que foi aprovado, passando a ser conhecido como Emenda Johnson, proibindo as igrejas e pastores de declarar apoio a um candidato a cargo público, sob pena de perder sua isenção fiscal. Mas, tal medida pode ser derrubada.

“Pregar sobre princípios bíblicos e aplicá-los para as posições de candidatos a cargos públicos não é discurso político, é expressão religiosa de um líder espiritual para seus fiéis”, afirmou em outubro Erik Stanley, assessor legal sênior da Aliança em Defesa da Liberdade nos EUA (ADF, na sigla em inglês), que reuniu, em 7 de outubro, cerca de 1,6 mil pastores de igrejas de todo o país para participaram de uma iniciativa contra o impedimento aos pastores e igrejas de usarem o púlpito para pregar confrontando os candidatos a cargos públicos com os valores da Palavra de Deus.

Nesse 7 de outubro, um mês antes das eleições, esses 1,6 mil pastores deliberadamente subiram ao púlpito para aplicarem as perspectivas bíblicas para as posições de candidatos a cargos públicos na eleição deste ano nos EUA, desafiando a Emenda Johnson. O objetivo da ADF é provocar um desafio à Receita Federal dos EUA que lhe permitiria abrir um processo e derrotar o regulamento na Suprema Corte por razões constitucionais. A ADF afirma que “o governo simplesmente não pode ditar às igrejas e aos ministros os tópicos de seus sermões. Esses pastores estão simplesmente aplicando as Escrituras e a doutrina teológica para as posições detidas pelos candidatos que concorrem a um cargo. Os pastores têm aplicado o ensino bíblico a circunstâncias que suas congregações enfrentam há muito tempo. Isso não é discurso político. Pelo contrário, é a expressão religiosa de um líder espiritual para seus fieis. Esse tipo de expressão está bem no centro do discurso de liberdade e proteção à religião da Primeira Emenda da Constituição dos EUA”.

A ADF explica ainda que o então senador democrata Lyndon Johnson propôs a Emenda Johnson de 1954 “como meio de silenciar grupos conservadores sem fins lucrativos que se opunham à sua candidatura à reeleição”, e de última hora incluiu as igrejas também no projeto”. A ADF afirma que realizou um estudo extensivo sobre o  assunto e concluiu que “a Emenda Johnson não está enraizada em disposições constitucionais, como a separação entre a Igreja e o Estado. Johnson não estava tentando resolver qualquer questão constitucional relacionada à separação entre Igreja e Estado, e ele também não ofereceu a emenda por causa de algo que as igrejas tinham feito, mas para silenciar entidades sem fins lucrativos seculares que se levantaram contra ele por causa das acusações de fraude em sua eleição em 1948”.

A ADF lembra ainda que, “antes de 1954, não havia restrições sobre o que as igrejas poderiam ou não fazer em relação ao discurso sobre o governo e a votação, com exceção de apenas uma lei de 1934 impedindo organizações sem fins lucrativos de usar parte substancial dos seus recursos para financiar lobbys para a legislação”.

Os pastores que participaram do evento de domingo, 7 de outubro, enviaram as gravações de seus sermões para a Receita Federal, efetivamente lançando  o desafio de discutir a liberdade de expressão de ministros no tribunal.

O voto evangélico em Ohio

Uma matéria do Wall Street Journal de quarta-feira, 31 de outubro, falou sobre o peso do voto evangélico nestas eleições nos EUA, citando como exemplo o caso de Ohio, um dos Estados mais almejados pelos candidatos (simplesmente, nenhum candidato até hoje venceu as eleições para presidente dos EUA sem vencer em Ohio). A referida matéria pode sser lida, traduzida, no blog “O Cristão e o Mundo” (para lê-la, clique AQUI).


Por Silas Daniel

Cristãos nigerianos pedem oração pelo fim da violência



Norte da Nigéria foi atingido por uma onda de ataques mortais contra igrejas


Cristãos nigerianos pedem oração pelo fim da violência
Anglicanos da Nigéria estão pedindo para que os cristãos ao redor do mundo orem e jejuem pelo fim à violência no país.

O Norte da Nigéria foi atingido por uma onda de ataques mortais contra igrejas, em sua maioria atribuídos ao grupo militante islâmico Boko Haram.

Pelo menos sete pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em um atentado suicida durante a missa em uma igreja católica em Kaduna, na semana passada.

O arcebispo Ikechi Nwachukwu Nwosu disse ao Conselho Consultivo Anglicano reunião (ACC) na Nova Zelândia que a situação dos cristãos na Nigéria está "terrível".

Ele apelou aos cristãos para pressionar aos seus governos para intervir na situação na Nigéria.

Cristãos no país estão se unindo em uma semana de oração e jejum a partir de 12 de novembro e eles estão pedindo crentes ao redor do mundo para se juntar a eles.

Abraão Yisa, membro da ACC, disse que "as igrejas estão sendo bombardeados todos os domingos, especialmente na parte norte do país.

"A situação é que as pessoas estão se recusando a ir à igreja ou quando vão à igreja, não sei se eles vão voltar para casa. Serviços durante a semana são interrompidas, as pessoas têm medo de adorar".


Fonte: Christian Today

Jovens evangélicos se reúnem para adorar a Deus em Belém



Fieis de diversas partes do Brasil participaram do ´Radicais da Última Geração´


Jovens evangélicos se reúnem para adorar a Deus em Belém
O feriado do dia 2 de Novembro foi a data escolhida para a realização do Congresso Radicais da Última Geração. Mais de 5 mil jovens da Igreja do Evangelho Quadrangular estiveram presentes na cidade de Belém (PA) para participar do evento.

O local escolhido para o encontro foi o ginásio da Escola Superior de Educação Física, da Universidade Estadual do Pará (UEPA). Ali jovens de diversas partes do Brasil se reuniram para adorar a Deus e participar de palestras voltadas para o crescimento espiritual.

Esta foi a quinta edição do RUG que durou até o final da tarde do sábado (3). No primeiro dia, o momento de louvor foi comandado pelo pastor Antônio Cirilo do ministério Santa Geração. Fred Arrais e o Ministério Nova Geração também estavam presentes levando o público para um momento de adoração intensa.

Os preletores convidados foram pastores da própria IEQ, entre eles o pastor Valter Maia que falou sobre o evento para a Rede Liberal, afiliada da Rede Globo no Pará. “É um estilo de vida, é uma linhagem. A gente tem o objetivo de formar uma geração diferenciada, com novos hábitos, novos valores”, disse o líder do RUG.
Assista aqui a reportagem
 
Com informações da Rede Liberal

Marcha Para Jesus em Botucatu, São Paulo



Evento que acontece no próximo sábado terá a participação do pastor Antônio Cirilo



Marcha Para Jesus em Botucatu, São Paulo
O Conselho de Pastores das Igrejas Evangélicas de Botucatu (COPIEB), com o apoio da Prefeitura, realizada, no dia 10/11, a 17ª edição da Marcha para Jesus. O evento é considerado um dos maiores de Botucatu, reunindo todos os anos milhares de pessoas que clamam pelo Senhorio de Cristo na cidade.

Este ano o evento contará com a participação especial do pastor Antônio Cirilo, líder da banda Santa Geração, que ministrará o louvor e a Palavra de Deus.

A concentração terá início às 10h, na Praça para Todos. No local será montado o palco, a praça de alimentação e a área de brinquedos para a diversão das crianças. No percurso, os participantes vão caminhar pela Rua João Passos, indo até a Rua Campos Salles, descendo a Rua Amando de Barros até chegar novamente à Praça para Todos, onde, por volta das 13h, haverá a ministração do pastor Antônio Cirilo.

Além do Ministério Santa Geração, o evento contará com a participação de bandas locais e apresentações de dança e teatro. O evento vai até as 18h, quando se encerram as atividades.

“Faço um convite a você de Botucatu e região. No dia 10 de novembro será realizada a Marcha para Jesus 2012. E você é nosso convidado especial. A programação terá início às 10h. Já às 13h, eu e o ministério Santa Geração estaremos na Praça para Todos ministrando o louvor e a adoração ao Senhor com muita alegria e muita festa diante do nosso Deus”, convida o pastor Antônio Cirilo.

A Marcha para Jesus é um evento internacional e interdenominacional e ocorre anualmente em milhares de cidades do mundo. É quando a Igreja de Cristo tem a oportunidade de se reunir e levantar uma só bandeira: a de Cristo Jesus.

Informações

Evento: Marcha para Jesus
Data: 10/11/12
Hora: início da programação às 10h
Local: Praça para Todos
Site: www.botucatucristao.blogspot.com
 
Fonte: Guia-me

LIÇÃO 05 - A INSTITUIÇÃO DA MONARQUIA EM ISRAEL / SUBSÍDIOS / CLASSE ADULTOS

Apresentado pelo Comentarista das Revistas Lições Bíblicas Adultos da CPAD, pastor Osiel Gomes